Ser mãe x Ser adolescente

E hoje em nossa Prosa de Mãe uma querida mamãe, desta vez uma mãe adolescente, mamãe de menino… contando um pouco mais de suas confissões…

Camila Camargo do Blog Confissões de uma jovem Mãe

Fui convidada pela Cris, muito obrigada para contar um pouquinho da minha história como mãe e blogueira para vocês.

Resolvi tocar num assunto bem polêmico sobre Ser mãe x Ser adolescente eu fui mãe aos 17 anos, no Segundo ano do Ensino Médio, eu passei os 9 meses, sonho e desejando muito ele, eu tinha um namoro de apenas 3 meses quando engravidei, pensei nas piores coisas do mundo. Pensei que iria ficar sozinha, coisas que a sociedade impõem para qualquer mãe adolescente.

E não foi assim. Eu assumi a minha responsabilidade e graças a Deus o pai do Muri quis a mesma coisa e hoje ainda estamos juntos 2 anos depois, não vou dizer que foi fácil, mas é uma vitória todos os dias. E não é porque eu me tornei mãe que eu deixei de ser adolescente, por alguns lados sim, larguei bastante coisa, mas por outro, eu continuo a mesma, eu gosta das mesmas coisas, eu me visto e me cuido como antes. Não tenho mais tanto tempo, mas a gente sempre dá um jeito né?

Ser mãe foi uma coisa que aconteceu de repente, mas que tomou conta da minha vida, eu nunca havia me sentido tão completa, como no dia em que conheci o Muri, a primeira vez que eu peguei ele no colo, a primeira vez eu beijei, que ele mamou, cada momento foi mágico e inesquecível.

A partir do dia 27 de Dezembro de 2011  eu sabia que nunca mais na minha vida eu estaria sozinha, hoje eu tenho um companheiro a 2 anos e 10 meses, que faz questão de falar todos os dias o quanto me ama, que dorme segurando a minha mão. Minha vida, um anjo que Deus preparou e me mandou para mudar todo o rumo da minha vida.

Não, não estava nos meus planos ser mãe, eu queria ser uma empresária de sucesso (quero), queria curtir a vida adoidado (não vou mais).

Eu terminei a escola, comecei a faculdade a distância e parei, eu tentei voltar a trabalhar quando o Muri tinha 3 meses e não consegui, voltei a trabalho quando ele tinha uns 6 meses, eu  ainda tenho sonhos de adolescentes e algumas atitudes também.rs

Sou mãe, sou adolescente, sou feliz, sou completa!
Ah, e também sou blogueira a 2 anos no Blog Confissões de uma jovem Mãe!
http://confissoesdeumajovemmae.blogspot.com.br/

Cris, mais uma vez muito obrigada, eu adoro o seu blog, e foi uma delicia estar por aqui compartilhando minha história com suas leitoras!

Um beijão Cá e Muri.

1385093_433253890120110_485143054_n

Hoje indico o Blog Materno: Mamãe e Papai do Nathan

13 Comentários

  1. Ser mae adolescente não é facil, mais conseguimos sim, somos guerreiras e ter um filho q quando vc acorda e da aquele sorriso nao tem coisa melhor…

    Obrigada pela divulgação
    Bjinjos

    mamaenathan.blogspot.com

  2. Ser mãe adolescente está cada dia mais comum, não acho que seja uma escolha sábia mas como cada caso é um caso, penso que oque vale mesmo é o amor o carinho e acima de tudo a responsabilidade e isso vejo que você tem. Não é fácil mas não ´[e impossivel
    Parabens pela familia

  3. Que bom que tudo deu certo,e são felicidades. E sua maturidade foi muito importante para conseguir vencer todos os obstaculos.
    Bjs
    Vivi e Isaac

  4. verdade Camila não foi fácil mas você esta vencendo a cada dia
    parabéns por ter encarrado a responsabilidade
    amei saber mas de você

    linda noite bjs
    sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br

  5. Eu também fui mãe adolescente, não é fácil, mas não troco por nada. Parabéns pela garra.
    beijos

  6. Parabéns pela maturidade e pela ‘criancice’…. elas podem sim andar juntas e se darem muito bem! Bjus Cosias da Lara

  7. Camila, adoro você! Continue com seus sonhos e não desista.

    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *