Estudar um pouco todos os dias, funciona?

Cá estamos nesse “novo normal” que acredito que veio pra ficar por muito tempo… e nós, vamos aprendendo a cada dia a lidar com essa nova normalidade.

Antes de tudo isso acontecer, nós aprendemos a criar o hábito de estudar um pouco todos os dias…

A princípio estranhamos muito… Porque é um novo hábito, e como todo novo hábito até se adquirir o costume leva tempo… às vezes eu penso que: tudo em nossa vida é no esforço, na insistência e persistência. Claro em meio a isso precisa-se por um pouco de leveza, muito amor e carinho de mãe.

Todo esforço gera frutos

Hoje colhemos os frutos do esforço. O ritmo dos estudos tem um novo olhar. Claro que tem dias que são exaustivos, a preguiça bate… o desânimo… mas, no outro respiramos fundo e seguimos adiante.

Mas, quando cada aluno estuda no ponto mais adequado à sua necessidade, lendo, pensando e resolvendo o material no seu próprio ritmo e com um plano de estudos personalizado, flui muito melhor!

E esse ritmo de estudos foi um aprendizado que tivemos com os estudos do meu menino no @kumon_br Porque todo mundo tem um grande potencial a ser desenvolvido. Por meio de um processo de aprendizagem planejado e individualizado, o aluno do Kumon se torna cada vez mais confiante, seguro e cheio de entusiasmo.

Desafio dos estudos remotos

Os estudos remotos da escola tem sido desafiadores, mas, afinal os desafios são para serem superados! Mas, com toda a bagagem de rotina, disciplina, autonomia tem dado certo!

São muitos afazeres, sim! São conteúdos muitas vezes atropelados pela correria para serem assimilados, porque de modo remoto “ainda” não chega no que seria no presencial, mas, sabe-se lá o quanto é seguro o frequentar a escola, sem que todos estejam devidamente vacinados.

Os professores também estão no esforço, no empenho de motivar e entregar o que se propõem. E motivam ainda que seja pela tela do computador/celular, eles se desafiam ao apresentar de maneira que não seja um desgaste, para que haja envolvimento, que não dê sono, nem cause desânimo.

Para que isso ocorra é necessário algumas adaptações, minhas dicas são:

  • Tenha um espaço reservado para os estudos em que não haja distrações, por um tempo improvisamos na mesa da sala, mas, depois percebemos que um local mais reservado seria melhor, assim meu home office é compartilhado e agora ele faz as aulas pelo computador. Mas, tem dias que são necessários usar pelo celular. Também recomendo uso de fones de ouvido, para que não dispersem, mas, isso depende da idade do seu filho.
  • Tenha uma rotina! Logo eu, que sou avessas a rotina, trazendo esse conselho… mas, é por experiência própria, devidamente comprovada, que sem rotina, tudo sai dos eixos muito fácil. Então, crie uma rotina, uma tabela de atividades, uma agenda com os compromissos agendados. Agende pelo despertador do celular os horários das aulas, das tarefas, isso ajuda muito!! Eu tenho vários alarmes avisando uns 10 minutos antes, para preparar para o momento dos estudos.
  • Tenha um tempo de pausa, muitas vezes é estressante tantas aulas, tantas tarefas, mas, pause, distraia, converse, explique, motive! Incentive! Precisamos ensinar aos nossos filhos desde cedo sobre a importância dos estudos e o esforço necessário para tal. Conscientizar da importância é uma conversa que precisamos ter com eles sempre que necessário.
  • Faça um intervalo entre as aulas on line, das tarefas a serem realizadas. Desconectar um pouco dos afazeres escolares, a hora do recreio… e aproveitando para um lanchinho para reforçar as energias para o recomeço dos estudos.
  • Incentive a serem independentes. Temos por impulso estar sempre fazendo por eles, mas, nos estudos, eu aprendo diariamente que a autonomia os levará muito mais além. Ensine todo o caminho, os links necessários para o acesso às aulas. E apenas observe, se necessário ajude, mas, espere ser solicitada.
  • Quanto as tarefas, o interessante é fazer no mesmo dia que foram enviadas, para que não se acumulem. Dica da professora e que eu recomendo, claro que nem todos os dias damos conta… mas, isso deve ser exceção e não a regra da semana escolar.

Cada um de nós nesse mesmo enfrentamento, mas, cada qual na sua realidade. Meu interesse em escrever aqui é simplesmente pra contar como tem sido conosco de modo positivo, os ajustes e a rotina acertada fizeram toda a diferença!! {quem segue a gente a mais tempo sabe que sou avessa à rotina, mas, na prática percebi o quanto necessária e imprescindível é!} ainda mais nessa pandemia.

1 comentário

  1. oi,Cris! Muito boas tuas dicas ,baseadas na tua experiência com o teu filho querido e estudioso. Gostei muito e sempre acreditei que um pouco por dia é melhor do que apenas na hora da prova, um montão estudar. Linda semana! beijos, chica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *