Confesso que nunca achei fácil tratar da autonomia infantil… a fala até pode ser fácil, mas, na prática acho mais complicado. Eu sempre acreditei que cada criança tem seu tempo. Aqui via muito o quanto Joseph era desprendido e independente em algumas coisas, mas, em outras… não tinha o menor interesse. Mas, eu acredito que nosso incentivo é extremamente necessário para automia dos nossos filhos. Lendo sobre esse tema, percebemos o quanto é benéfico a autonomia. A criança constrói o conhecimento por meio do contato com o ambiente. Ela aprende manuseando. Vai descobrindo novos sabores e aromas, conhecendo cores e texturas diversas. Quando é permitidoLeia Mais…

Coisa difícil é ensinar sobre a frustração. Talvez porque seja o calcanhar de áquiles de todos nós. Se frustrar é algo ruim demais. Agora como ensinar sobre frustração aos nossos filhos que amamos incondicionalmente? Ensinar desde de pequenos a lidarem com esse sentimento… Pois, a frustração se aprende na prática! E não há como se preparar para se frustrar! Educar filhos é um trabalho constante e nada fácil, longe de ser! Costumo pensar do seguinte modo: se está sendo fácil, com certeza, estamos fazendo da maneira errada, agora se está difícil… pode ter certeza que deste modo que é correto! E dói ver a frustraçãoLeia Mais…

Esse tema foi inspirado em uma postagem da psicóloga e amiga Sílvia Barbosa do Instagram e Blog Enfim Nós a postagem dela me fez pensar muito o quanto a minha maternidade é diferente da maternidade da minha mãe. Eu sou muito mais apegada, sou de acolher… abraçar e se tiver que chorar junto, pego meu menino no colo e choramos… A um tempo atrás eu vi uma imagem no instagram sobre o ciclo da maternidade e me identifiquei totalmente. E sem que percebesse fiz a minha trajetória materna diferente da que fui criada. Minha mãe me teve muito jovem aos 21 anos, e paciência não era o lema lá deLeia Mais…

Quantos aprendizados temos a compartilhar na maternidade… Quantos momentos incríveis únicos e que nos marcam pra sempre! A maternidade nos ensina a ter mais apego pelas coisas simples, a valorizar o tempo… E as fases que ela nos traz. E em meio essas fases quantas dores e delícias… Quantos momentos que marcam. Como por vezes nos e debulhamos em lágrimas por querer tirar a dor que aflige nossos filhos… Por nos sentir incapazes por não curá-los, por não dar o que pedem, porque sabemos que não é hora, nem momento de satisfazer aquela vontade. Quando bebês e mais dependentes, vamos a exaustão, são novos desafios,Leia Mais…

Quem diria que na maternidade iríamos aprender mais do que ensinar… Pois é, com o passar do tempo, vamos aprendendo tanto com nossos filhos! Aprendemos a ser exemplo, a ser mais simples… A comemorar as pequenas conquistas diárias! Os sorrisos espontâneos, o acenar, dar tchau, bater palminhas… e as primeiras palavrinhas… que emoção!! Me recordo como eu vibrei quando meu menino deu seus primeiros passos… Chorei, confesso! E a cada nova conquista ainda hoje ele mais crescido eu me emociono! Também aprendemos a valorizar as coisas mais simples: como vibrar por ter dormido uma noite de sono inteira! Só uma recém mãe sabe do valorLeia Mais…