Parque Nacional da Tijuca parte II

Esse é o nosso segundo passeio ao Parque Nacional da Tijuca, dessa vez levamos a vovó! Que se encantou e maravilhou com a natureza e os lugares incríveis que estão “escondidos” em nossa cidade grande.

Não é todo dia que se toma água direto da fonte…

E que lugar encantador, como já falei antes para ir muitas vezes, pois tem muitas coisas a serem vistas e apreciadas por lá.

Cascatinha Taunay

Uma exuberante queda d’água que encanta!

É considerada um dos pontos turísticos que melhor retrata a Floresta da Tijuca, esse nome em homenagem ao pintor francês Nicholas Antoine Taunay.

Nessa parte a água é extramente gelada, pois não bate sol… então só pose para fotos.

Como levamos a vovó, demos uma passadinha na Cascata Gabriela para ela conhecer, as crianças aproveitaram para brincar e se refrescar.

Descemos e chegamos ao Açude da Solidão. É simplesmente deslumbrante…

Fotos foram inúmeras! Vimos peixes, tartarugas, os meninos ficaram encantados!

Tem mesas para piquenique, mas achei muito deserto…

Depois seguimos o Setor Serra Carioca. Fizemos o trajeto de carro, vimos ciclistas subindo, mas, só se arrisque se for esportista, é muito íngreme.

Primeira parada: Mesa do Imperador

Originalmente a área era constituída de um caramanchão de bambu e mesa de ripas de madeira, recobertos de vegetação. O lugar foi utilizado por nobres e burgueses para almoços campestres e recebia a visita de D. Pedro II, nos seus passeios à floresta.

Ah… se o Imperador visse esse dois fazendo bagunça na mesa dele… (rsrsrsr…)

É parada obrigatória porque tem uma bela paisagem.

Vista Chinesa

Foi construído entre 1902 e 1906 em homenagem aos chineses que trouxeram o cultivo do chá para o Brasil no início do século XIX.

 

Um passeio deslumbrante!

O Parque Nacional da Tijuca pode ser visitado o ano todo, apenas atente-se para previsão do tempo.

Endereço: Praça Afonso Viseu, S/nº – Floresta da Tijuca
Tel.: (21) 2492-5407
Horário: Diariamente das 7h às 18h.

3 comentários sobre “Parque Nacional da Tijuca parte II

  1. Cris, eu acompanhei as fotos nas redes sociais, e é tão gostoso fazer esses passeios…
    Principalmente quando fica pertinho de casa…
    O Rio de Janeiro é lindo, e vcs tem mais é que explorar e curtir em família, mesmo…
    Amei as fotos…

    O açude da solidão é realmente lindo, mas o lugar faz jus ao nome, ou seja, solidão, deserto…rs Porque será, né…

    Fiquei encantada com tudo…
    Assim, posso conhecer um pouquinho do Rio…
    Bjs
    Ju

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*