Mãe polvo somos todas nós!

Mãe polvo somos todas nós!

Como é ser Mãe e suas multifunções? Mãe polvo somos todas nós!

E estava cá pensando sobre a grande missão de ser Mãe! Sim, grande missão, pois pra dar conta de tudo, costumo dizer que cada uma de nós é uma heroína. Cuidar dos filhos, casa, marido, de si mesma e trabalhar fora… não é pra qualquer um ou melhor qualquer uma…  só sendo uma Mãe Polvo! Com vários braços para dar conta de tudo e todos e  às vezes ao mesmo tempo!

Não bastava isso, ainda inventamos de blogar kkk e nesse pensamento… chamei azamigas de alguns blogs queridos pra prosear aqui conosco, afinal, este é o espaço para a Prosa de Mãe e mãe, tem é conversa!!

Como é ser Mãe e suas multifunções? Sim, porque não basta ser mãe… tem que ter um pouquinho de tudo. Seja as que ficam em casa (e que o trabalho nunca termina) seja as que trabalham fora…

Mãe polvo somos todas nós!

SouMãe.org – Gisele

Então… mãe polvo, descobri que eu era dessa espécie após ter minha baby. Não trabalho mais fora para poder cuidar dela, mas é cuidar dela, cuidar do marido, cuidar da casa, cuidar do gato e cuidar do blog (que se tornou o meu trabalho diário também), além disso tem dias que fazemos atividades extras fora de casa para a baby e também faço cursinhos online…

Eu sempre gostei de organização, então procuro sempre ter minhas rotinas bem estabelecidas para poder fazer tudo, as coisas do blog e cursinhos, só faço quando a baby está dormindo, coisas da casa eu faço um pouco junto com ela, mas sempre procure passar o meu tempo com ela brincando ao invés de fazendo outras coisas.

E assim vamos levando a vida, fazendo o dia render muito para dar conta de tudo! Mas a gente consegue!

Sobre o blog: SouMãe.org é um blog com várias dicas de decoração de festas, moda infantil, atividades para crianças e muito papo de mãe.

Mãe de Moleque – Elaine

Olá leitores do Prosa Mãe, me chamo Elaine sou autora do blog Mãe de Moleque  e vim aqui para falar sobre as “mães polvo” e suas multifunções.
Bom acho que não me enquadro muito neste perfil de  multi funcionalidades, sou apenas mãe.
Não trabalho fora,  então meu trabalho é 24hr ser mãe e dona de casa e eu amo está vidinha tranquila que optei por viver.
Fico cansada e me estresso como todas as pessoas, porém menos… bem menos
do que as mães que trabalharam fora que convivo.
Aqui em casa eu consigo fazer um pouco de cada vez,  com organização e
capricho, inclusive o meu tempo disponível para educar e ficar com o meu
moleque.

Mãe Sem Frescura – Priscila

Sou uma super mãe polvo, pois sempre estou cheia de coisas para resolver e carregar. As mães são assim mesmo, querem dar conta de tudo e de todos, se acham heroínas e estão sempre buscando a felicidade da família. Além de blogueira, mãe, mulher, dona de casa, trabalho fora e o tempo é sempre muito curto para dar conta de tudo, tento me organizar dividindo as tarefas e inclusive pedindo ajuda para o meu filho, e assim, sobra um tempo para nos divertirmos juntos. Não é nada fácil, embora eu sempre tente descomplicar a maternidade a minha maneira, fazendo com que momentos de obrigação se transformem em pura diversão.

Mãe Sem Frescura tem a proposta de ajudar mães de primeira viagem que tem como objetivo educar os filhos de forma moderna e sem frescura, trazendo dicas de maternidade, casamento, brincadeiras, passeios, educação, alimentação e muito mais. Mostrando como é possível ser uma mãe que nunca abdicou de nada por ter um filho, e sim, fez adaptações para que a vida materna tenha a mesma leveza do sorriso de seu(sua) filho(a). Confira e faça parte do blog Mãe Sem Frescura.

?Mamãe Aprendiz – Daniela 

Uma vez ouvi uma frase que me marcou, e decidi fazer o meu máximo para não deixar que isso aconteça comigo: uma pessoa comentava que quando a gente vira mãe, a palavra “culpa” passa a fazer da nossa vida. Seja por voltar a trabalhar, seja por não voltar… Eu me sinto uma mãe polvo multifuncional e algumas vezes culpada também rsrs mas me esforço para não sentir isso!!

Trabalho numa empresa o dia todo (e em alguns horários fora do expediente também), tenho dois filhos pequenos, de 4 e 2 anos, casa, marido, participo de uma comunidade na Igreja, tenho um blog, dou palestras, escrevi três livros e gostaria de escrever mais se o dia tivesse mais de 24 horas rsrs.  O segredo é lutar contra a culpa, fazer tudo com muito amor e dar o seu máximo. Eu escolhi uma escola que eu confio para cuidar deles no tempo em que preciso estar  no trabalho, volto e me dedico a eles de corpo e alma, e só vou cuidar das outras coisas quando eles dormem. É cansativo, mas é possível! Sim, sou uma mãe polvo!!!!

?Mamãe Aprendiz é uma blog para mamães de primeira viagem, com dicas para mamães, gestantes e tentantes, buscando facilitar nossa vida!

Da Fertilidade à Maternidade – Alessandra

“Eu já me sentia uma pessoa ‘multitarefas’, acho que a mulher já tem essa pré-disposição, mas quando virei mãe parece que isso se multiplica, todos os sentidos se aguçam, hehehe. Trabalho fora o dia todo, saio vou para academia (3x na semana), depois busco a Gi na escola, chegando em casa é da lanche, dar banho, um pouco de atenção, casa, marido, meus filhos de quatro patas, euzinha e o blog, ufa, só de escrever cansa. Como eu consigo?! Nem eu mesma sei explicar, 🙂

No início me estressava muito, sentia culpa e me cobrava, chegou um momento que tive que dizer chega para culpa e para o estresse, definir prioridades e fazer o que tivesse ao meu alcance, o que é possível. Parei de tentar ser uma pessoa perfeita e passei a ser uma pessoa possível. Aí parece que tudo se acertou e consegui organizar a minha vida de mãe, mulher, profissional, dona de casa, blogueira…

Alê Nunes, mãe, …, e blogueira do Da Fertilidade à Maternidade, um blog em que divido um pouco da minha experiência como treinante, grávida e mãe.”

Pipocas em Aquarela – Verônica

Ser Mãe nunca foi fácil, seja para as que trabalham fora e acabam tendo menos tempo com os filhos ou as mães que se dedicam a casa e a família e abdicam do seu trabalho. Seja qual for a opção nunca é fácil, somos mulheres multitarefas capazes de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, mas ainda assim, o tempo parece tão curto, não é verdade?

Mas mesmo com uma lista extensa de coisas para fazer, não podemos esquecer de nós mesmas e nos dar sempre um tempinho, por menor que ele seja, para fazer o que gostamos, a vida assim se torna mais leve e você será capaz de fazer tudo sem stress.

Pipocas em Aquarela a maternidade com mais cor e tranquilidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*