Filhos, com eles mais aprendo do que ensino

Quem diria que na maternidade iríamos aprender mais do que ensinar… Pois é, com o passar do tempo, vamos aprendendo tanto com nossos filhos! Aprendemos a ser exemplo, a ser mais simples…

A comemorar as pequenas conquistas diárias!

Os sorrisos espontâneos, o acenar, dar tchau, bater palminhas… e as primeiras palavrinhas… que emoção!! Me recordo como eu vibrei quando meu menino deu seus primeiros passos…

Chorei, confesso! E a cada nova conquista ainda hoje ele mais crescido eu me emociono! Também aprendemos a valorizar as coisas mais simples: como vibrar por ter dormido uma noite de sono inteira! Só uma recém mãe sabe do valor e do vigor que uma noite inteira de sono trás.

E a gente simplesmente comemora e percebe que não são as coisas de valor que importam… mas, simplesmente o que trás satisfação é nos sentir realizadas quando vemos nossos filhos sorrirem.

Depois da maternidade puxamos o freio da vida corrida e desaceleramos!

Pois os passos dos nossos filhos são pequenos e o que mais queremos é acompanhá-los! A gente se satisfaz por observá-los crescer e se desenvolver. Nos enchemos de orgulho quando percebemos que eles são muito melhores do que imaginávamos. A gente volta a brincar! A criança adormecida, desperta e simplesmente brinca, se alegra, canta e se faz de doida {diante dos olhos dos outros…} Quem nunca se pegou cantando e dançando {não importando o local…} a canção preferida, simplesmente para distrair a criança. Mãe é “bicho” doido. Abre mão da carreira, do sono, do banho, da comida quente pra atender o filho. E não, não se arrepende nem por um instante pelas novas escolhas.

Percebemos o quanto somos guerreiras

Ah… Maternidade, vem pra nos virar do avesso e só aí descobrimos que esse de fato é o lado certo. E se antes achávamos frágeis… com a cria nos braços nos tornamos mais valentes e fortes que nunca. Nossos sentidos se aguçam e o sexto sentido entra em ação na defesa pelos nossos filhos. Podemos estar cansada, exausta! mas, reunimos forças que não sei bem de onde… e nos levantamos como se nada tivesse nos afligido.

Outras Participações:

Na casa da Vizinha

Nosso próximo encontro é no Terceiro Domingo de Março e o tema será: “As dores e delícias da maternidade”

Delícias (alegrias)

  • A  alegria da descoberta e o prazer de se sentir mãe. 
  • O crescimento dos filhos e seu desenvolvimento feliz
  • Os sorrisos, abraços e conversas informais que trazem alegria pra gente
  • Os aprendizados e as fases que mostram o crescimento saudável das crianças
  • O privilégio de ensinar boas atitudes, ações e educação a um filho
  • Não há alegria maior em amar uma criança
  • O privilégio de aprender com a simplicidade e espontaneidade dos filhos
  • A inspiração e a força que a maternidade traz para nossa vida

Dores (desafios)

  • O sufoco e angústia de ver um filho doente
  • As expectativas frustradas em relação à caminhada materna
  • Não conseguir curar uma dor, uma febre, uma tristeza do filho e saber que infelizmente o mundo o decepcionará.
  • As birras, desobediências e os enfrentamentos dos filhos que muitas vezes nos deixam sem rumo,  em dúvida e sem respostas.
  • A carreira no mercado de trabalho e a angústia de não conseguir acompanhar o crescimento dos filhos.
  • Vencer olhares e julgamentos alheios em relação à nossa maternidade
  • O aperto no peito quando os filhos criam asas e saem de casa
  • A eterna culpa que sentimos por tanta coisa e que não conseguimos deixá-la de lado
  • Muitas vezes a vontade é dizer sim, mas é preciso Impor limites e  dizer Não para vê-los crescer de forma integra e saudável

Como funciona a BC (Blogagem Coletiva)

♥ No terceiro domingo de cada mês, faça uma postagem no seu blog sobre o tema proposto, lembre de mencionar que faz parte do Projeto: Na Casa Da Vizinha – Blogagem Coletiva uma iniciativa de Cris Philene e Tê Nolasco,

♥ Link nossos blogs ao nome!

♥ Feito isso compartilhe o seu link aqui nos comentários, para que possamos inserir à nossa publicação.

♥ Não deixe de visitar e comentar também em quem está participando. A interação é parte importante na Blogagem Coletiva! Conheçam a história de outras mamães. Todas tem muito a acrescentar!

4 Comentários

  1. Boa tarde Cris, venho acompanhando esta bonita e produtiva série e chego hoje até seu depoimento com detalhes interessantes e emocionantes. Aprende-se mesmo, quando se tem sensibilidade e dedicação como vejo em vocês.
    Muito boa sua participação e que cada dia possa mais e mais estar em sintonia com o lindo Joseph em verdadeira felicidade da família.
    Meu terno abraço para vocês.
    Beijo amiga e que a semana seja bela e alegre para vocês com ou sem folia.

  2. Cris, eu me emocionei aqui! A descrição dos primeiros passos e a foto tão linda…
    Verdade, eles nos ensinam a simplicidade e assim podemos transbordar o coração de alegrias com todos os pequenos detalhes que nos chegam a cada dia. Uma conquista, as primeiras palavras, a palmiinha, o primeiro dia de aula. São detalhes que, se não tivermos o amor no olhar, deixamos de ver.
    Linda participação! Beijo para teu pequeno e para você!

  3. Oi amiga! Lindo texto! Cheio de amor!
    Vejo que quanto mais a gente ensina mais aprende mesmo… Em cada chamada de atenção, cada bronca, e cada abraço depois, reforçamos o que de melhor queremos passar a eles e isso vem para firmar nossos valores..

    Sim… eles mostram que tudo pode ser mais simples… Até cantar, dançar , ser feliz!

    Levando seu post!

    Linda participação..

    Um beijo

    Tê e Maria ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *