Filho único … Fico aqui pensando quando tomamos, se é, que tomamos a decisão de ter somente um filho. Não que eu ache pouco porque não é… Mas, a gente se apega demais ao filho. E a criança convive numa casa onde tem mais adultos. E criança precisa conviver com criança… será? Mas, um dia simplesmente acontece… A gente espera, o tempo passa, e percebemos que não vamos ter outro filho. E a gente se cobra de ter um filho “só”… Como já falei, não que seja pouco porque não é, na verdade, filhos complementam a nossa vida e os primeiros anos com eles, sãoLeia Mais…

Hoje quero dizer pra você: Mãe não tenha pressa! Inúmeras vezes nós mães, questionamos a nossa maternidade. Será que estamos fazendo certo? As fases dos nossos filhos vão e vem, pra cada uma, novo desafio, e pode crê que sempre é mais difícil que a anterior. Vem a birra e nos questionamos. Vem a seletividade na alimentação e lá vamos nós, questionar. Se demora andar, falar… culpa da mãe que não incentivou… Se aos 4 anos nem quer ver mais legumes, ah… essa mãe fez a introdução alimentar da maneira errada… e por aí vai! Contudo isso a gente se questiona e ao mesmo tempo querLeia Mais…

Publiquei esse texto ontem no instagram, o que era pra ser apenas uma legenda… falando sobre o filho, ficou tão profundo o sentido, as palavras, como tudo que envolve a maternidade. As amigas que comentaram… também se emocionaram porque a gente se vê nas palavras de outra mãe. As inseguranças, culpas, medos… dificuldades, a gente abraça cada palavra e sente junto, porque não é apenas daquela mãe que está escrevendo, mas de todas nós. As fases de birras, desfralde, as noites em claro… ah! como a vida de uma mãe é intensa. Intensa de emoções, de desgaste físico… mental. A gente não esquece que elesLeia Mais…

Esse tema veio à tona e eu não poderia deixar de “ouvir” outras mamães. Ah! E como me identifiquei em cada palavra… Sim, me vi nos relatos, nos comentários que mudavam apenas o nome da mãe e dos filhos, mas, que eram tão meus e também acredito também como os seus. A maternidade mudou a minha vida! Isso é fato! Sim, uma afirmação e com exclamação, pois a mulher que hoje você vê, não era a mesma a 6 anos atrás. Mudei completamente. Costumo dizer que depois da maternidade zeramos tudo o que somos e recomeçamos, já escrevi a um tempo atrás aqui no blog sobre:Leia Mais…

E a semana em homenagem ao Dias das Mães não pára! Na Segunda, com a Tê do Bolhinhas de Sabão para Maria Terça, com a Ju do Mãe sem Fronteiras Quarta, com Pri do Art & paper Comunicação Digital Todas unidas e falando do mesmo assunto: Como a maternidade mudou a minha vida? (Perspectivas, prioridade, trabalho…). Sei que o assunto é pra mais de metro…  E como dá prosa! Por isso chamei “azamigas” e seguidoras de nossa Prosa no Instagram para participar conosco. E cá estão as respostas que abrilhantam nosso tema e nossa semana! maedo.ben Nunca pensei em ser dona de casa. Aos 16 anos comeceiLeia Mais…