Ah! a simplicidade do perdão na maternidade! A maternidade é em constante, chamar atenção. Corrigir, educar, ser mais firmes e como muitas vezes essa postura, causa choro e lágrimas, causa braveza em nossos pequenos… Mas, as crianças são simples… perdoam fácilmente. Não guardam mágoas… mesmo ficando bem zangadas quando contrariadas. No entanto, passado alguns minutos elas esquecem. Inclusive do que foram chamadas atenção, tanto que repetem os erros… E nós mães nos culpamos por perda de paciência, pela falta de tato, pela fala mais alta… pelo descontrole! Ah! como erramos! Quem nunca? Somos falhas sim, somos humanas, somos alguém quer muitas vezes querendo acertar, perdeLeia Mais…

Confesso que nunca vi rotina como doce… Mas, sempre li que criança tem que ter rotina! Mas, eu nunca fui muito adepta a rotina! E confesso que tentei por algum tempo não ter rotina! O que claro não deu certo! Cheguei a falar em um post aqui no blog: E a Rotina? No entanto, a rotina é extremamente necessária! Eu diria que imprescindível para a mãe não enlouquecer! Rsrsrsrsrs… Principalmente porque ajuda/orienta a criança a saber exatamente o que acontecerá, antecipando assim ansiedades e birras. Joseph quando era menor detestava mudanças, era puro estresse, por isso implementar a rotina contribuiu para por em ordem oLeia Mais…

Pra você todos os meus dias! Sou grata por cada dia que você chegou… E veio fazer parte da minha vida! E aí… Tudo mudou! Meus olhos passaram a ver o mundo diferente, minhas escolhas, mais conscientes. Me tornei chata, coruja, babona… Virou minha prioridade… E não tinha como ser diferente. Desde a barriga, nossos corações batendo… Sentindo cada movimento seu. Não importa se o cordão foi cortado o que importa é o vínculo… que já sentia que seria para sempre. Seus olhos nos meus olhos, momento único, incrível na amamentação e como foram dias maravilhosos que marcaram para sempre a minha vida aquele olharLeia Mais…

Eles crescem… E pode acreditar que é mais rápido do que imaginamos. A recém mãe não dá conta que cada instante com o bebê é único e jamais terá de volta, aquele tempo… aquelas dobrinhas e o sorriso banguela. E a gente tem pressa de tudo. Já ouvi muitas amigas mães dizerem que não via a hora da criança andar, comer sozinho… e não se dá conta, que será mais rápido do que ela espera, e quando acontecer, será pura nostalgia de querer voltar no tempo perdido. Curta cada instante… cada descoberta. Cada olho no olho… Sei, que levantar de hora em hora pra dar de mamarLeia Mais…

Ser mãe é ter muitos e muitos momentos com a nossa cria. Momentos Mãe e filho são pra sempre! Até os mais incovenientes… como a ida ao banheiro que insiste em ser acompanhada. E se chorar… o colo que afaga é o de mãe. Ser Mãe é ter o nome mais falado do mundo… em todas as formas: Mamãe, Mãe, oh Mãe, Mãezinha, Mainha… “é porque eu quero só você!” – me diz o pequeno. Esses dias estava recordando algumas fotos e me vi olhando para aquele bebê… Relembrando os medos iniciais, lembrando que muitas coisas seguia meu instinto materno, e não é que davaLeia Mais…