TOMANDO AS RÉDEAS Quando escrevi o artigo “Convivendo com as influências externas”, um comentário me chamou muita atenção, o da Iasmin Marques, pois ela fez um breve resumo de uma situação que ela vivencia: ter que deixar a filha com a avó para trabalhar, e consequentemente ter sua autoridade comprometida, pois avó e bisavó da criança ¨passam a mão na cabeça¨ e não permitem que ela a corrija quando necessário. Chamou-me atenção por ser uma situação que também precisei enfrentar. Infelizmente nem todas as mães tem o privilégio de poder acompanhar de pertinho os primeiros anos do filhote, pois, como eu e muitas brasileiras,Leia Mais…