Autonomia Infantil

Aprendendo a se cuidar sozinho

E este foi o tema proposto no Mamães em Rede. E está aí um assunto que rende pano pra manga… pra camisa inteira!! Como comentei lá… Confesso não achar fácil essa autonomia infantil. Sei que precisamos estimular, mas acredito muito que cada criança tem seu tempo. E que devem ser crianças até onde der… sei lá… penso assim.

Em alguns aspectos Joseph vai bem, mas eu outros ele se enrola… e perde a paciência por não conseguir fazer sozinho. É um jogo de paciência aqui em casa, deixá-lo fazer sozinho e se conter em apenas observar, deixar quieto sozinho até ele conseguir. Por vezes fica nervoso, chora, grita, por não conseguir, tentamos acalmá-lo e explicar e ensinar da maneira correta. Ele fica meio desconfiado e ainda chateado.

Mas, o que percebo por aqui é que meu menino tem dois extremos:

1- O que é do interesse dele ele faz, aprende e domina

2- O que não é do interesse… simplesmente não liga e custa a dominar.

Então, voltando a questão de que cada criança tem seu tempo, assim também acredito que seja na autonomia. Algumas coisas por ele mesmo ele já domina, andou com 9 meses, come sozinho a muito tempo, escolhe o que quer vestir, o que quer brincar, escutar… assistir.

Mais não dava a mínima para a questão do desfralde… simplesmente, não o incomodava… e custamos a dar conta do processo. Assim também é no se vestir sozinho… ele não dá a mínima! Ensinamos, mostramos, mas ele, (parece alguém que conheço- Eu!) e quer fazer tudo ao mesmo tempo, não dando devida atenção.

Então, respondendo a pergunta: Você estimula seu filho a ter autonomia?

Eu diria que incentivo ao passo do interesse dele.

E no auge dos seus três aninhos acredito que está muito bem.

11024707_441933675964432_6162724374646175457_n

E por aí? Como se dá a autonomia dos pequenos? A que passo anda?

Participe conosco usando #fezsozinho #mamaesemrede no Instagram: @mamaesemrede e se fizer um post sobre o assunto nos avise que incluíremos seu link.

Se quiser ler mais sobre autonomia infantil acesse aqui

28 thoughts on “Autonomia Infantil”

  1. Oi amiga que post legal, eu super apoio a autonomia infantil, acho importante para a independência da criança.
    Aqui em casa estimulamos sempre seja na hora de se vestir, calçar um sapato, comer sozinha, guardar seus próprios brinquedos após a brincadeira…

    Grande beijo
    http://www.amaedadri.com/

    1. Amiga é importante orientarmos e ensinarmos a se vestir e fazer algumas coisas sozinho. Mais não apoio tanto essa independência… acredito que tem q ser mais gradual.
      bjs

  2. Cris que post bacana, eu incentivo a autonomia desde de sempre, mas vou ser sincera que muito mais pela escola. A escola incentivava e acabei indo na onda, deu certo. Ela é uma menina madura
    Beijos

  3. Oi Cris, linda do meu coração.
    Penso como vc amiga, cada criança tem seu tempo e da a devida importância para aquilo que lhe satisfaz, e ultrapassar esses limites, de forma a não observar como conquista-los, é perda de tempo e muito stress para ambos os lados… Cá prá nós, 3 aninhos é bem criança… Meu Vitinho com 4 anos e meio eu acho que ele só tem tamanho, e não passa de um bebezão…rs
    Faço meu papel de mãe, de estimar as coisas que acho importante, mas sempre respeitando o tempo do meu filho… Por exemplo, a escola dele acha que devo tirar a mamadeira e chupeta e eu acho desnecessário… Não acredito que isso seja tão maléfico a ponto de ter que tirar assim… Acho que até os 5 anos de idade ou até entrar no ensino fundamental, no primeiro ano, muita coisa podemos ensinar, sem pressa, sem pânico… Cada criança tem seu tempo, vejo crianças com menos de 2 anos totalmente independente, fazendo de tudo, e outras mais tranquilas… Sem comparação, e na hora certa, as coisas vão acontecendo…. O que não podemos é deixar de ensinar, incentivar…
    Beijinhos para vcs…
    Ju

    1. Pois é amiga… tb tenho meu menino como um bebezão!! kkk
      E adorei vc compartilhar conosco sua opinião… estamos em sintonia não é?
      Eu acredito muito no tempo para cada criança… umas se apressam mais outras são mais devagar e vamos incentivando ao passo do interesse deles.
      bjs

  4. Ai amiga vai dando um aperto no coração né? A gente quer eles sempre no colo, mimando! E acho que a escolinha faz com que eles fiquem bem mais independentes!

    1. Dá sim uma dó… aí na escolinha observam alguns amiguinhos fazendo as coisas… e lá vão copiar e tentar fazer tb!
      Crescem amiga… e passa rápido demais, bjs

  5. Também acredito que cada criança tem seu tempo… sempre estimulei as meninas para que tivessem autonomia mas sempre respeitando o tempo e o limite delas a Julia sempre aprendeu bem rápido e é super independente desde pequena já a Sofia aprende mais rápido o que é de seu interesse…
    Bjs

    1. Pois é querida Jenifer, eu acredito que faça parte da personalidade deles, então, se estimulamos demais, pode ficar forçado… com você mesmo, percebeu a nítida diferença. Obrigada por compartilhar conosco, bjs

  6. Cris, aqui dou e incentivo demais esta autonomia. É difícil no começo só ficar digamos de “butuca” rsrsrs mas é enriquecedor.
    Com três anos começou a escovar o dente sozinho eu só supervisionava e faço isso até hj e ele vai escova novamente sem problemas.
    Banho sozinho desde os dois anos e também só vou relembrando, olha já lavou tal coisa rsrsrs
    Lição de casa faz sozinho, só acompanho e por ai vai é bom ensina a ter responsabilidade por si, pelos outros até e pelas coisas dele.
    Bjs

    1. Amiga acredito nesse enriquecimento… e vamos ao passo deles, o seu moleque já se animou cedo em fazer as coisas sozinho isso é muito bom.
      bjs

  7. Por aqui tenho uma pequena de 3 anos que quer fazer tudo sozinha!!! Acho ótimo incentivar e estimular a autonomia mas, as vezes cansa neh!!! Porque o que demoraria 5 minutos viram 10,15 para eles fazerem. haja paciência….mas faz parte da maternidade!!!
    BJKS

  8. Eu também incentivo. Aqui minha baby está com 1 ano e 9 meses, deixo ela fazer algumas coisas, comer sozinha, beber em copo de vidro, ter acesso a pia do banheiro para lavar as mãos, ter fácil acesso aos seus brinquedos e assim vamos indo. No que ela precisa de ajuda eu ajudo, no que está se virando bem, só observo!

    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*