AMAMENTAR e TRABALHAR é possível!

AMAMENTAR e TRABALHAR é possível!

Apoio à mulher que trabalha e amamenta é o foco da Semana Mundial do Aleitamento Materno

Conciliar a vida profissional com a amamentação não é uma tarefa fácil. Mesmo que a legislação tenha avançado em alguns pontos, como a licença maternidade facultativa de seis meses e o horário destinado à amamentação, a proteção ao direito ao aleitamento da mulher trabalhadora ainda não foi alcançado.

Por essa razão, a Waba (World Alliance for Breastfeeding Action) focará seus esforços este ano em procurar formas de facilitar o aleitamento materno para mulheres que trabalham.

A abordagem é o tema da Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM), que acontece entre os dias 1º e 7 de agosto. Entre os objetivos da semana mundial estão: informar as pessoas sobre os avanços mais recentes dos direitos de proteção à maternidade, aumentar a conscientização sobre a necessidade de fortalecer a legislação nacional e sua implementação e reforçar as ações dos empregadores tornando-os facilitadores da amamentação.

“Aqui está uma versão mais bem acabada do filme que dá início a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM 2015), de 1 a 8 de agosto. Fernanda Molina é a madrinha, eu o padrinho, e vamos divulgar a importância da amamentação.
O Thomas tem agora 45 dias e mama em livre demanda. Sabemos da importância para ele em beneficios para a vida inteira.” 
(Serginho Groisman, apresentador)

Clique e assista o vídeo da campanha:

https://www.facebook.com/video.php?v=851671384908738&set=vb.675795349163010&type=2&theater

AMAMENTAR e TRABALHAR é possível!

LOGO_SLOGAN_SMAM2015

3 Comentários


  1. Amiga, encantada com o seu cantinho! Lindo! Parabéns pelo post. Importantíssimo orientar as outras mamães de que não é impossível trabalhar e amamentar. Muitas pessoas apenas contam o lado ruim da história. Super beijo

    1. Author

      Verdade viu… muitos contam apenas o lado negativo… mas depois de superado é maravilha!
      E sim é possível!
      bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*