A importância do incentivo a Leitura desde a primeira infância

A importância do incentivo a Leitura desde a primeira infância

Não é de hoje que sempre relato sobre a importância da leitura, o incentivo com livros e que isto faça parte do dia a dia da criança. Quando estava grávida já lia para ele… e o primeiro livro do pequeno ganhamos no Chá de Bebê.

Incentivo à leitura desde a primeira infância

“É na primeira infância que elas começam a fazer suas escolhas, faz parte do amadurecimento infantil. Os pais devem oferecer opções diferentes para ampliar o repertório das crianças”, diz Paula Medeiros, Coordenadora de Desenvolvimento do Material Didático de Português do Kumon.


Aos 3 meses

Aqui incentivamos em cada fase, com livros próprios da idade, livros de banho, de tecido, de texturas, livro com miniaturas, proporcionando um ambiente que meu menino sempre estivesse cercado de livros, crescesse com livros por perto, estando disponível a altura dele. Dispostos em estantes atrativas, até um cantinho de leitura nós fizemos.

“É fundamental proporcionar experiências novas aos pequenos, e com os livros não é diferente. O quanto antes eles devem explorar todas as sensações que um livro oferece: textura, cheiro, peso e as cores”, diz Ângela Aranha, proprietária da livraria Casa de Livros, que há mais de 30 anos proporciona leitura de boa qualidade aos clientes.

5 Dicas para estimular o hábito a leitura

  1. Ler em voz alta em família. A leitura em voz alta estimula a interação e desperta o interesse pela leitura;
  2. Falar de livros, recomendar títulos e presentear as crianças;
  3. Sugerir e não impor. Compartilhar leituras e opiniões;
  4. Organizar em casa um espaço específico para leitura, que seja atrativo e aconchegante, com almofadas, tapetes, pufes e, claro, muitos livros. A criança vai perceber como a leitura é importante e agradável ao ter um espaço reservado para essa prática; 
  5. Visitar bibliotecas e livrarias para explorar e descobrir novos livros interessantes. Isso também ajuda as crianças a perceberem que um ambiente em que diversas pessoas estão lendo pode ser divertido e estimulante.

E se, ainda assim apresentar dificuldades na leitura sozinho… procure ajuda! Mesmo sempre incentivando meu menino à Leitura, quando chegou o momento de fazer suas leituras sozinho… ele apresentou dificuldades. Algo que não sabíamos como superar. Contei aqui no blog minhas angústias…  Superando as dificuldades na leitura, se tornando um pequeno leitor! Ver meu menino lendo em voz alta foi uma vitória para nós! Um desafio vencido a partir dos estudos no Kumon que valoriza o que o aluno já sabe e o motiva a ir além.

Saiba mais:

*Publicidade

2 Comentários

  1. Uma ato interessante com belos frutos, que deve ser como um exercício continuo. Ler é vida e arte .
    Bonita partilha Cris.
    Semana boa para vocês.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*