Eu vou andar no seu passo, Mãe, para poder te acompanhar… sei bem, apesar de não me recordar, que você diminuiu seu passo quando eu comecei a andar… na verdade, esse passo diminuiu quando se descobriu grávida… afinal, carregar no ventre uma nova vida, não é questão de um peso, mais de cuidados que a nova fase requer. E você foi prudente e diminuiu seu ritmo para me gerar. Mudou sua vida por mim… claro, por meus irmãos também! Por cada um de nós aumentou o passo quando preciso e diminuiu quando necessário… Tudo isso para nos acompanhar! As pernas eram curtinhas… o andar ainda pendendo…Leia Mais…